Festa de São Sebastião - 6º Dia da Novena

O sexto dia da novena dedicada a São Sebastião, quarta feira, 16 de janeiro, contou com a participação especial das comunidades Santa Efigênia, Bocaina e arredores. A santa missa foi presidida pelo Pe. Antão Roberto de Melo e a liturgia foi coordenada por equipes da pastoral da Saúde, pastoral Vocacional e RCC.

A Bíblia foi entronizada de forma criativa pelas pastorais, que a colocaram dentro de uma casinha, bem de acordo com o tema geral da novena de São Sebastião, que nos convida a ser Igreja, Casa e Escola de Comunhão.

Na encenação de mais um capítulo da vida de São Sebastião jovens destacaram a diferença entre adoração e veneração e uma jovem encenou uma repórter, noticiando feitos do santo, como se fosse na época atual.

Como em todos os dias, os paroquianos estão colaborando com mantimentos, artigos de higiene e limpeza, conforme os pedidos para cada dia da semana. As ofertas são colocadas aos pés do altar, durante o momento do ofertório.

Antes das orações próprias da novena, Pe. Antão abençoou um casal de paroquianos que estava comemorando 25 anos de vida matrimonial. Durante a novena, padre Antão explicou que São Sebastião é invocado como protetor dos ruralistas porque o santo sofreu o martírio atado a uma árvore na floresta e por isso homens e mulheres do campo pedem a proteção para suas criações e lavouras.

Todos os dias, devotos e paroquianos fazem alguns minutos de oração em frente a imagem de São Sebastião, presente no altar da igreja.

Após a benção final, as pessoas continuam tendo momentos de lazer, com salgados e refrigerantes, ao redor da igreja. A novena segue com forte participação de todos que desejam aproveitar a oportunidade para honrar e homenagear São Sebastião.

Vida de São Sebastião

6º Capítulo: São Sebastião - LAVADO PELO SANGUE DO CORDEIRO!

(...) Se considerarmos a antiguidade do culto ao mártir São Sebastião, a imensa celebridade do seu nome, a veneração, a fé e a devoção que os povos sempre tributaram à sua memória, acharemos poucos santos que a ele se possam comparar. A primeira glória de nosso Santo foi (...) Leia o capítulo completo, clicando aqui.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!