Artigo: Bíblia - Palavra de Deus

A Igreja Católica, no Brasil, celebra o mês de setembro como dedicado à Bíblia. É um mês temático como o de agosto (vocacional), outubro (missionário) etc... Ela procura dar uma ênfase maior a algum aspecto da vida eclesial, isto é, da Igreja, comunidade de fé. Assim, em setembro, o “Livro da Fé” recebe um realce, um destaque que procura incutir nos fiéis a sua importância na educação religiosa do Povo de Deus.

A Bíblia vem do vocábulo grego – biblos – que significa – livros; é na realidade uma coleção de escritos variados sobre a temática da fé em um Deus único, Criador de todas as coisas inclusive do ser humano. Relata a experiência de fé um povo específico, os Hebreus ou Israelitas, que celebra uma Aliança de Vida com o Senhor Todo Poderoso, o Deus Vivo e Verdadeiro, que não é obra das mãos humanas como os ídolos pagãos. Narra a História da Salvação dos seres
humanos e do universo como obra divina, como expressão do grande amor d’Aquele que é a fonte e origem de toda a vida. Tudo isso em linguagem humana inspirada pelo Espírito divino.

A Escritura Sagrada, nome dado à Bíblia, foi escrita a “duas mãos”, isto é, uma parceria entre Deus – fonte inspiradora – e o Homem – redator dos textos. Por isso exige-se a fé como instrumento de leitura da mesma. Sem esta a sua leitura poderá ser estéril, isto é, não suscitar uma resposta afirmativa do ser humano à proposta divina de salvação, de vida plena. Assim é o diferencial deste Livro para os demais: é comunicação da Verdade Suprema, viva e eficaz, que produz a vida divina, isto é, eterna, para aqueles e aquelas que a acolhem como tal. É o “Livro da Vida” por excelência. “Vida plena para o mundo” (Jo 10,10).

Outra marca importante da Bíblia é que ela reflete a cultura dos povos: linguagem, costumes, aspectos sociais, políticos, econômicos, cosmovisão (visão do mundo) e tantos outros. Isso exige que a sua leitura não seja literal, mas, contextualizada, ou seja, que se leve em conta estes aspectos. Isso facilita a comunicação que este Livro quer nos fazer. Qual mensagem que podemos receber e assimilar. A Bíblia é “um livro que fala”, através da linguagem humana, das realidades celestes e terrenas sob o “olhar de Deus”, isto é, da linguagem da fé.

A Bíblia é o livro de maior tiragem editorial, o mais conhecido entre os povos, com maior número de traduções para o idioma de cada povo. Está amplamente presente no mundo de civilização cristã. Influenciou e ainda influencia muitas culturas, sociedades e organizações humanas. E continuará a modelar a humanidade, sobretudo para aqueles e aquelas que acreditam nela, que a buscam como fonte inspiradora de ser e estar neste mundo. Continuará afetando positivamente a existência de muitas pessoas neste planeta porque ela, a Bíblia, não comunica simplesmente uma idéia ou conceito, uma ideologia ou mera doutrina. Não relata apenas uma história ou eventos humanos. Ela, a BÍBLIA, comunica uma PESSOA, viva, real e atuante, que comunica sempre com os seres humanos aos quais ama infinitamente. Esta Pessoa que ela nos apresenta é DEUS. Por isso mesmo, Viva a Bíblia, a PALAVRA de DEUS.

 

Pe. Antão Roberto

Vigário Paroquial


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!